Um pouco Sobre a Suíça (PARTE FINAL)

CONTINUAÇÃO…

A Suíça, que não integra a União Europeia, mas mantem acordos de livre comércio com o bloco, é uma república federal composta por 26 estados, chamados de cantões. Berna é uma capital plácida, uma metrópole que se estende ao longo de um grande lago onde as montanhas encontram as planícies. Zurique é de longe a maior e mais cosmopolita cidade do país, cujos centros comerciais rivalizam com os de outras cidades importantes do mundo. Basileia e Lucerna são as principais cidades de língua alemã, Genebra e Lausana são os centros dos cantões franceses do país, e Bellinzona e Lugano são as principais cidades do Ticino, onde o italiano predomina.

O país é de fato uma das principais potências econômicas globais, graças à sua longa tradição de serviços financeiros, trabalho altamente qualificado, manufatura especializada e de alta qualidade, produzindo como ninguém itens como relógios, canivetes, queijos e o famoso chocolate, considerado por muitos o melhor do mundo. Há quem diga que o segredo está na qualidade do leite. Outros dizem que são técnicas especiais secretas de produção que o tornam tão gostoso. Marcas mundialmente conhecidas nasceram em solo suíço, comprovando a enorme tradição do país na produção dessas delicias. De fato, uma viagem para cá é garantia de voltar com várias barras de chocolate na mala. Daqui também vem a fama do fondue e do raclete, pratos típicos do país. A Suíça é sem dúvida um dos países mais belos de todos, mas tamanha beleza tem um preço, e um preço bem alto. O custo de vida aqui figura entre os mais altos do mundo. Aos que tem a oportunidade de visitar esse cantinho mágico repleto de tesouros naturais de encher os olhos, é certo que não haverá arrependimentos.
E você, o que achou de conhecer um pouquinho sobre esse lugar tão especial?

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *