Publicidade:

A chuva que castigou outros estados do centro-sul nas últimas semanas, essa chuva hoje atingiu São Paulo. Para termos uma ideia, a cidade tem mais de 70 pontos de alagamentos, a maioria de pontos intransitáveis, as principais artérias da cidade as marginais, marginal do Rio Tietê, marginal do Rio Pinheiros estão de baixo d’água, muitos veículos estão parados aguardando a água baixar, a chuva não parou o tempo continua muito encoberto isso, claro, causa problemas do transporte público, e também às cidades ao redor da cidade de São Paulo como Osasco, como Guarulhos também tem pontos de alagamento. Os bombeiros atenderam inúmeras ocorrências de queda de árvores semáforos estão amadeirados, para também termos uma ideia o rodízio principal de veículos hoje, que valeria para os carros com placas finais 1 e 2, foi suspenso por causa da chuva em São Paulo, e aquelas cenas em que os paulistas estão acostumados alguns carros boiando, pessoas com botes em áreas mais extremas, e segundo o balanço dos bombeiros pelo menos 5 acionamentos para desabamentos, 78 acionamentos para enchentes esse número provavelmente aumentou porque é uma contabilidade que foi feita de madrugada, 10 acionamentos para queda de árvores em São Paulo, alguns terminais de ônibus também estão embaixo da água, muita gente não conseguiu chegar ao trabalho. Em relação ao metrô de São Paulo, inclusive em Barueri na região metropolitana de São Paulo, um dos principais terminais de ônibus fixou de baixo d’água, obviamente nenhum ônibus conseguiu sair e ninguém conseguiu se utilizar do transporte público.

A tarde toda continuou chovendo na região da Avenida Paulista, o trânsito mais intenso com pontos de paradas no sentido da Consolação, os carros com faróis acesos, o tempo bastante carregado e a chuva continuou, pistas molhadas e os motoristas que tentam chegar à São Paulo também pelas estradas, a situação obviamente completamente estava completamente travada na região da Ayrton Senna, complexo Anhanguera Bandeirantes, na Castelo Branco a situação muito difícil, a ponte da Freguesia do Ó travada em um dos sentidos e o alagameno foi possível observar em baixo da ponte, a prefeitura também foi chamada para fazer alguns reparos de emergência.

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *