Resenha sobre o Filme ‘As Branquelas’ (PARTE 1)

Publicidade:

As Branquelas (White Chicks, 2004) é um filme de comédia besteirol criado pelos irmãos Wayans. Dirigido por Keenen Ivory Wayans e estrelado por Marlon Wayans (Marcus), Shawn Wayans (Kevin) e Terry Crews (Latrell), a história acompanha uma dupla de agentes do FBI que, após uma operação desastrada, temta se redimir com o chefe e o departamento aceitando uma missão ingrata de cuidar de duas patricinhas. Porém, depois que cometem mais uma atrapalhada, eles precisam se esconder embaixo de uma maquiagem pesada pra assumir a identidade e aparência delas e assim comparecer nos compromissos no lugar delas, atrair o cara que planeja sequestrá-las e então prendê-lo. E agora, vem que tem mais um novo episódio de review resenha e análise do nosso site de Curiosidades.

A primeira vez que assistimos ‘As Branquelas’ foi em 2006, nessa ocasião detestamos o filme; achamos a trama boba de um nível amador e ainda acompanhada por recursos narrativos que tornavam a problemática muito difícil de engolir. E, quando o assunto era comédia, as piadas nos soaram bobocas ou de mau gosto a ponto de não conseguirem nos divertir. E aí, saímos dessa experiência chocha achando que a frustração seria um consenso, mas aí, para o nosso espanto, percebemos que esse filme tinha muitos admiradores fervorosos, chegamos até a nos questionar se tínhamos visto o mesmo filme que essa galera ou se tínhamos visto o filme do jeito “certo” (condições ideais de imagem, som, concentração – aquela parada que vocês já não aguentam mais ouvir falarmos), é, de fato, não vimos nas melhores condições; mas nem por isso tivemos interesse de ver de novo da forma certa, pelo menos até agora, 14 anos depois. Pois então, revimos, e embora não tenhamos passado a amar o filme como tanta gente por aí, ao menos pudemos enxergar alguns motivos pelos quais essa galera gosta tanto dessa obra. Acreditamos que boa parte desses motivos estejam no miolo do filme, o chamado “segundo ato”, porque não é possível, o primeiro e o terceiro são complicados de mais de apreciar. No primeiro, está a grande concessão que precisamos fazer sem o qual não tem como embarcar na proposta; e o terceiro é inconcebível, inacreditável e terrível de sem noção. Mas, calma! Como o filme tem esses atos tão bem definidos e tão característicos, cada um do seu jeito, vamos avaliar ‘As Branquelas’ cronologicamente.

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *