Não Veja: ‘O Velocipastor (2018)’ (PARTE 1)

Publicidade:

Velocipastor (The Velocipastor, 2018) é mais um brilhoso filme de ação, comédia e romance que entra no nosso querido rol do desprestígio. Nesta realização americana e chinesa ruim, um jovem padre viaja a China para espairecer. Porém, ele esbarra numa moça que lhe entrega um artefato mágico: uma garra de velociraptor que dá o poder dele se transformar num homem dinossauro. É então que ele usa suas novas capacidades para fazer o bem e proteger as pessoas das terríveis garras de ninjas traficantes de entorpecentes. Bom, não tem para quê mais nhênhênhêm… O jeito é dar uma conferida logo nesse alucinante episódio de NÃO VEJA do nosso site de Curiosidades. Depois só procurar o filme completo para assistir e zoar muito com sua galera.

‘Velocipastor’ é ruim porque quer ser ruim, e até faz esforço para isso; ás vezes esse se esforço até demais e acaba perdendo aquela pureza que faz os filmes toscos serão genuinamente engraçados. E assim, nem sempre consegue manter a genialidade da bizarrice no topo, mas, não tem como negar que tem seus bons momentos de ridiculice; alguns intencionais e outros temos nossas dúvidas. De uma forma ou de outra, essa belezura fez por onde merecer seu lugar aqui, e nós, juntos, teremos a plena convicção disso.

A trama começa com um pároco tocando o sermão, falando aleatoriamente uma meia dúzia de palavras religiosas quaisquer, e faz isso para três figurantes porque, pelo nível da produção, achamos que ninguém mais aceitou receber um pastel e um caldo de cana como o pagamento. Aí depois, ele sai todo o regozijante de sua pregação, encontra seu papai e sua mamãe fazendo absolutamente nada do meio da rua, com tudo, quando ele corre para encontrar seu genitores, supostamente o carro deles explode – dizemos supostamente, porque faltou grana até para isso – mas, criativamente, no lugar do carro em chamas entrou um letreiro dizendo: “VFX: Car on Fire (carro em chamas)”. Para que fazer de qualquer jeito e arriscar ficar ruim e a galera ficar debochando, não é verdade? –  Como diria o filósofo Clóvis: “Se encontrar uma dificuldade no seu caminho, saiba que grandes esforços trazem grandes perdas de tempo… [CONTINUA]

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *