Não Veja: O Exorcista 2: O Herege (PARTE 3)

Publicidade:

Eles marcam uma sessão para o dia seguinte do repentino desejo de Regan querer fazer a hipnotização; e o desastre que esse filme comete com à maquina de hipnotização começa a resvalar para cima do legado do filme original. Primeiro, porque, a miserenta da médica está com uma luz de 500 watts na cara da menina, e ainda tem a capacidade de falar: “Relaxe”- “enfiar uma luz dessa na tua cara quando você for dormir, aí, quero ver você relaxar! Peste! – Acabou por dar até fotofobia na coitada. Segundo, não é só uma máquina de hipnose, não! Do nada a menina aprendeu a conduzir à hipnose e agora convida a médica para sua mente para, em seguida, o padre começar a fazer as perguntas – vai entender… o propósito de entrar na mente alheia é justamente constatar as coisas com seus próprios sentidos, mas se iriam fazer perguntas, bastava hipnotizar apenas a Regan! – [indignados] legal inferno! -. Resultado: a demência, em forma de médica, começa a sofrer um piripaque; aí, a assistente desliga a máquina mas só a Regan acorda, e a médica fica presa nas memórias da Regan – é! -.

E melhora, porque agora quem se conecta na máquina é o padre para entrar na memória da Regan (sem a Regan estar conectada) – completamente sem noção alguma -; e assim descobrimos que ela um upou sua memória na nuvem – só para vermos o quanto o filme estava a frente do seu tempo, assim, uns 40 anos; tão a frente que vamos ter dificuldade até de narrar o que acontece a seguir… mas vamos nos esforçar para deixar da forma mais clara possível -. O padre se conecta e se depara com a memória da Regan em terceira pessoa, na qual o padre Merrin discute com a Regan endemoniada (que, agora tem uma cara diferente, já que a Linda Blair ficou se achando com sua indicação ao prêmio do “naturista de ouro” e se negou a passar pela exaustiva maquiagem de novo; o que foi um gesto bonito da sua parte, já que ela deu uma chance à uma atriz que seria reprovada até para figurante da record).

CONTINUA…

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *