Lugares Reais que parecem ser de Conto de Fadas (PARTE FINAL)

Publicidade:

CONTINUAÇÃO…

PRAIA VERMELHA

Esta linda praia avermelhada está localizada na China, perto da cidade de Panjin. Em vez de areia, a praia é coberta com um solo altamente alcalino, básico demais para a maioria das plantas. Isso deixa pouca concorrência para a Suaeda, uma espécie de alga marinha que dominou completamente a região. No verão, a alga marinha fica verde e não é assim tão incrível. Mas no outono, as plantas assumem uma cor vermelha que transforma a praia em um espetáculo único. A maior parte do lugar é fechado aos visitantes em um esforço das autoridades para proteger o delicado ecossistema, mas há uma pequena seção aberta aos turistas.

PISCINAS DE PAMUKKALE

Uns dos pontos turísticos mais exclusivos do mundo são, sem dúvida, as piscinas dafalésia de Pamukkale, na Turquia. O travertino é um tipo de calcário encontrado em muitas das fontes termais do mundo. Quando a fonte atinge a superfície, a rocha se solidifica em estruturas escalonadas que retêm a água da fonte. O resultado parece algo saído de um conto de fadas – camadas de piscinas cristalinas empilhadas umas sobre as outras. Devido ao alto teor de cálcio, o resultado final é uma encosta branca como a neve.

MONTANHAS COLORIDAS

Esse Parque Geológico, localizado no sudoeste da China, é o lar de uma das montanhas mais surpreendentes do planeta. A coloração surreal vem do arenito vermelho e dos depósitos minerais que se formaram ao longo de 24 milhões de anos. Cada “faixa” constitui um mineral diferente e, com o passar dos anos, resultaram em um padrão multicolorido. A erosão do vento e da chuva poliu ainda mais as superfícies das montanhas. A China é o único lugar do mundo com esse tipo de formação mineral, e algumas das formas de relevo se tornaram Patrimônio Mundial da UNESCO.

SHILIN

No coração da província de Yunnan, no sul da China, está uma curiosa formação que talvez possa ser confundida com árvores petrificadas de longe. Com o nome “Shilin”, ou “Floresta de Pedra”, esta coleção de estalagmites de 500 quilômetros quadrados foi formada por erosão calcária e tem quase 300 milhões de anos. Faz parte de uma região maior conhecida como o Carste do Sul da China, uma área conhecida por sua beleza natural e biodiversidade única. Embora apenas recentemente tenha sido considerado majestoso o suficiente para alcançar o status de Patrimônio Mundial da UNESCO, Shilin manteve os corações e mentes daqueles que vivem nas proximidades por milênios.

Publicidade:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *