2 Dos Lugares Cientificamente Impossíveis que são Reais na Terra

É impossível não concordar que Deus fez uma natureza incrível, Ele criou peixe com dentes humanos e ornitorrincos que parecem castores com nariz de pato! Ele nos criou, e embora você ache que já viu de tudo e que nada pode lhe surpreender, bem, se prepara, porque a natureza que Deus criou tem umas surpresas para você! Hoje mostraremos 2 dos lugares naturais cuja a existência parece impossível do ponto de vista da ciência, mas mesmo assim eles existem!

1#. POÇO QUE PETRÍFICA 

Certamente você já ouviu falar da Medusa, que era capaz de transformar as pessoas em pedras, bem, agora, você conhecerá uma fonte que tem quase a mesma capacidade, à diferença é que nesta fonte são os objetos que se transformam em pedras! E, bem, não é algo instantâneo, são necessários cerca de 2 meses, mas, qual a diferença? Isso é incrível mesmo assim.
A mistica fonte Petrifying Well, se encontra nas margens do rio Nidd, no Reino Unido. A vários séculos quando não havia cientistas que explicassem, logicamente, o inexplicável as pessoas acreditavam que a fonte era amaldiçoados pelo próprio diabo. No entanto, como você já deve ter imaginado, isso não tem nada haver com a realidade. Os cientistas estudaram a composição da água e descobriram que ela contém uma enorme quantidade de minerais. Os objetos colocados na água são cobertos com esses mineiras e terminam criando uma sólida crosta de pedra.

Publicidade:

2#. SHANAY – TIMPISHKA 

O local sobre o qual falaremos agora também é uma fonte de lendas impressionantes sobre espíritos malignos, afinal, como é possível explicar o fato de que a água desse rio ferva, como se houvesse um fogão gigante em algum lugar?
A temperatura neste rio é bastante instável, em alguns lugares não passa dos 40°C, enquanto, realmente ferve em outros pontos, isto é, atinge 100°C. Durante algum tempo as pessoas não conseguiam explicar, racionalmente, a causa do fenômeno, a água em reservatórios naturais costuma aquecer-se quando há um vulcão nas proximidades, no entanto, do rio Shanay – Timpishka até o vulcão mais próximo há, pelo menos, uns 700km, até agora não se sabe qual é a causa da ebulição. Sabe-se apenas que não existe outro sistema geotérmico deste tipo em qualquer outra parte do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *