3 Criaturas Mitológicas mais Bizarras do Mundo

Publicidade:

Quando os avanços da ciência ainda não tinham ido muito longe, às pessoas buscavam explicações para alguns fenômenos da natureza, ou, até, do dia a dia, na mitologia; que às vezes serviam como um tipo de metáfora sobrenatural, para justificar alguma coisa. Mas alguns desses mitos foram longe demais na bizarrice, e é sobre isso que iremos falar hoje; 3 Criaturas Mitológicas Mais Bizarras do Mundo.

1# KASA-OBAKE

Sabe quando alguém te mostra um objeto muito antigo, que costumava pertencer a alguém que não está mais por aqui? “Dá uma sensação estranha, um troço meio fantasmagórico”; no Japão, tem uma criatura mitológica que representa exatamente isso: Os Kasa-Obake. Apesar de terem uma aparência um tanto, quanto, amigável, tem uma origem meio bizarra. Eles são uma espécie de espírito que se formam em objetos muito velhos, com mais de 100 anos de idade, fazendo com que eles fiquem vivos. Os Kasa-Obake, são, exclusivamente, espíritos de guarda-chuvas que ficam vivos para assustar às pessoas.

2# CHERNOBOG

Publicidade:

O conceito de diabo, como conhecemos hoje, foi concebido pelo cristianismo, mas, bem antes disso, na era pré-cristã, a mitologia islava ja tinha uma espécie de deus do mal para temer, o Chernobog, que, nada mais é do que a divindade do caos e do azar. Essa criatura, é tida como á representação de toda a maldade, e coisa ruim que existe no mundo. Sendo ele o causador de todas as tragédias. O que difere ele do demônio do cristianismo, é que a mitologia islava respeitava o bem e o mal como um equilíbrio da natureza, então, eles meio que aceitavam que o lado sombrio da força era necessário, para que o bem pudesse existir.

3# QUIMERA

Essa criatura, que é a mistura de quase tudo que você possa imaginar, fruto da união de um monstro metade cobra, metade mulher, com um deus dos vendavais. A Quimera consiste em um ser cuja a aparência é a mistura de um leão, cobra e serpente – pode imaginar que coisa boa já não vem por aí – , para piorar a situação, o ser ainda cospe fogo, e a cabeça da sua calda transmite uma picada venenosa. Depois dessa descrição você deve saber porque ela é uma criatura tão temida na Grécia antiga. Inclusive, eles acreditavam que esse ser ficava vagando pela cidade cuspindo fogo e matando os animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *