3 Coisas que você não vai mais querer usar depois de ler isso!

Ao longo da nossa vida nós geralmente compramos milhares de produtos que de um jeito ou,  de outro nos ajudam a ter uma vida mais fácil. Uma das grandes vantagens de sermos consumidores é que nós não sabemos de qual forma esses produtos são fabricados, ignoramos se é bom ou ruim para a nossa saúde.

1° PAPEL ALUMÍNIO 

Quando se prepara uma comida no forno geralmente às embrulhamos em papel alumínio. Isso é porque o alumínio resiste perfeitamente a essas temperaturas e não deixa com que os sabores das refeições escapem, no entanto, parte deste alumínio pode prejudicar a nossa saúde. O corpo humano é capaz de eliminar o alumínio de forma natural depois de ter sido ingerido, porém, em apenas pequenas quantidades, no entanto, a maioria das pessoas que utilizam muito esse papel estão expostas a uma quantia muito maior do que o recomendado diariamente. Cientistas dizem que em excesso o alumínio pode reduzir a taxa de crescimento das células cerebrais e aumentar a probabilidade de ter a doença de Alzheimer.

2° ABSORVENTE 

Existe muitas marcas de absorventes e geralmente usam um mineral contaminante chamado ‘amianto’. Amianto é um mineral fibroso e resistente, por isso são utilizados de várias formas, como: materiais de construção, pinturas, cimentos e etc. As autoridades médicas demonstrarem que isso pode lhe causar câncer ao longo prazo, por isso, em 2002 os professores de biologia molecular descobriram os riscos e começaram a banir em países desenvolvidos  embora em alguns não desenvolvidos continuam utilizando.

3° MAQUIAGENS 

Alguns cosméticos, como: rímel, maquiagem, cremes, entre outros; tem nos seus ingredientes mercúrio e chumbo e são metais contaminantes muito perigosos para o corpo. Em alguns países desenvolvidos o mercúrio está proibido totalmente, mas em alguns como Estados Unidos, Canadá e México ainda é permitido nos cosméticos , mas a quantidade está regulada.Entanto em outros países esses produtos que possuem a quantidade certa acabam sendo bem mais caras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *